24 de maio de 2014

Uma capela por uma batalha

Data da viagem: outubro de 2008

A Batalha de Aljubarrota, comandada pelo herói português Dom Nuno Álvares Pereira, foi decisiva para a expulsão dos mouros das terras lusitanas. Para celebrar a vitória, o rei mandou construir um mosteiro, que demorou dois séculos para ficar pronto.

A visita à Batalha é uma parada rápida, que pode complementar o passeio a Óbidos e Alcobaça. Para quem vai a Fátima, é um desvio breve.

É difícil descrever a beleza arquitetônica das capelas inacabadas, ou imperfeitas – assim conhecidas porque a construção das abóbadas nunca chegou a começar, deixando as colunas e nichos a céu aberto.

Palavras não são suficientes. E uma foto, mesmo valendo por mil delas, também não.

Só vendo para crer.

-Monix-

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

CATEGORIA

Outros lugares

Tags

, , , ,