Belém

Data da viagem: outubro de 2008 / março de 2013 / fevereiro de 2014 Belém é um bairro. Mas é também um mundo, ou pelo menos o caminho que leva a ele. É talvez o meu lugar favorito no mundo. E este “talvez” é só porque não consigo ser tão definitiva, sabendo que o mundo […]

Zona da Ribeira

Data da viagem: fevereiro de 2014 Quem tem apenas um dia para visitar o Porto irá passar obrigatoriamente parte desse dia na zona da Ribeira. É o cartão-postal da cidade, e não à toa. A Praça da Ribeira – que, como diz o nome, fica à beira do rio – é uma amostra do colorido do […]

Data da viagem: fevereiro de 2014 Tem aquela piada antiga sobre um náufrago que se vê sozinho na ilha deserta com a Sharon Stone (insira aqui uma beldade mais contemporânea, se desejar) e depois de meses de idílio, pede a ela pra fingir que é um amigo. Ela topa. Ele chega perto dela e diz: cara, […]

Data da viagem: fevereiro de 2014 Em uma época de mísseis teleguiados, ataques aéreos e até guerra biológica, com o uso de bactérias para destruir o inimigo, as fortalezas de pedra à beira-mar não parecem fazer muito sentido. Eu não sou uma pessoa fascinada por guerras (há quem o seja). Talvez por isso mesmo admire […]

Data da viagem: fevereiro de 2014 Este deveria ser um blogue sobre lugares que vi, curti, venci. Porém na cidade do Porto existe um ponto turístico imperdível que eu não visitei, mas recomendo a todos que não sofram do mesmo mal que eu: vertigem. A Torre dos Clérigos é o ponto mais alto da cidade, e […]

O Profeta Diário

Não é um parque – trata-se de um estúdio de cinema. Mas a diversão, pelo menos para nós adultos de sorte que fazíamos turismo por lá em plena quinta-feira à tarde, era tipo em dobro: no nível emocional, nos transportamos para o mundo do menino bruxo mais legal de todos os tempos; no plano racional, matamos nosso curiosidade cinéfila ao conhecer […]

Data da viagem: fevereiro de 2014 A história de Guimarães começa antes da história de Portugal. A região já vinha sendo ocupada desde os tempos das casas de pedra, mas a cidade mesmo tem – apenas – mil anos, mais ou menos. Aí lá pelo século XII um nobre chamado dom Afonso Henriques deu um chega-pra-lá […]